A Base Vem Forte: O DNA CAP

O Athletico tem apostado as suas fichas nos jogadores formados nas categorias de base do clube há muitos anos. Não apenas para fazer parte do time principal, mas também para arrecadar grandes quantias em suas negociações.

A partir de 2013, o Furacão passou a utilizar um time sub23 – apelidado de Aspirantes – para disputar o estadual, como forma de laboratório. Alguns ídolos da torcida rubro-negra foram promovidos desse time jovem e ajudaram o clube a conquistar os seus maiores títulos.

De Kleberson à Jaja, passando por Neto e Renan Lodi, no episódio de hoje conversamos sobre como os nossos Piás do Caju são importantes para o clube e como conseguem se adaptar com facilidade no time principal graças ao DNA CAP.

E no quadro Chute de Menina, Vittoria Santos De Vicente explica como que funciona o treinamento da base, como o jogo CAP é difundido para os nossos piás do Caju e como isso ajuda futuramente quando eles sobem pro time principal.

A Base vem Forte: O DNA CAP é o décimo oitavo episódio do Quebra o Muro, com as Atleticaníssimas. O podcast foi ao ar em 21/01/2021 e aborda as categorias de base do Athletico Paranaense.

FICHA TÉCNICA:
Âncora: Fabíola Tigrinho
Mesa: Andrea Broto e Maria Carolina Tenfen
Giro de Notícias: Milene Szaikowski (Mylla) e Andrea Broto
Chute de Menina: Vittoria Santos
Pesquisa: Danielle Broto e Namie Biazus
Editorial: Ana Carolina de Souza
Revisão: Andréa Broto
Edição: Emelly Ribeiro
Vinhetas: Mariana Braga e Thaiane Bientinezi

Anteriores

Próximos

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quebra o Muro A Base Vem Forte: O DNA CAP